lang
 
Search
A A A
Estou em:   Home
  |  Entrar

Detalhes


UGT Global - 206/2017

Prezados companheiros e companheiras:

Estamos enviando o UGT Global nº 206/2017, o nosso boletim com informações sindicais e trabalhistas nacionais e internacionais.

Leia neste número:

Nota da UGT: Governo erra ao sancionar projeto de terceirização - Ao sancionar o Projeto de Lei que regulamenta a terceirização irrestrita de todas as atividades das empresas, o presidente Michel Temer errou e errou feio. Por se tratar de um projeto antigo, de 1998, os trabalhadores deveriam ter sido ouvidos, pois são os mais interessados e os mais impactados. Ricardo Patah, presidente nacional da União Geral dos Trabalhadores

28 de abril: Dia de Luta contra as Reformas -Dirigentes de todas as centrais sindicais brasileiras, e representantes de diversas entidades sindicais, como Metroviários e Eletricitários, reforçaram a unidade de luta das entidades e definiram que no dia 28 de abril, acontecerão novas manifestações contra as propostas de reforma previdenciária, trabalhista e a terceirização, aprovada pela Câmara dos Deputados.

Terceirização também é tema da Luta - Após a aprovação do projeto de lei que libera a terceirização irrestrita das atividades de trabalho, as centrais sindicais afirmam que concentrarão esforços para mobilizar trabalhadores nas manifestações contra as reformas trabalhista e previdenciária. A medida foi alvo de críticas também por parte de especialistas em economia do trabalho, que dizem que a flexibilização das regras trabalhistas não tem embasamento técnico e representa grande retrocesso social.

Não às Reformas: Trabalhadores e parlamentares dizem NÃO às reformas do governo Temer - Deputados, senadores e líderes sindicais se reuniram na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), na sexta-feira (31/3) para debater a proposta de reforma da Previdência Social, que tramita em Brasília. As alterações previstas na PEC nº 287/2016 impactam diretamente nas regras para aposentadoria de milhares de trabalhadores. Centenas de pessoas lotaram o Plenário do Legislativo estadual para acompanhar as discussões.

União e força para Resistir - "É hora de resistência, de ir para as ruas. O povo não pode se calar neste momento de maior ataque à classe trabalhadora, algo a que jamais vi, em cinquenta anos de luta por direitos no movimento sindical” – assim definiu o cenário de reformas trabalhistas e da aposentadoria, pretendidas pelo Governo Federal, Francisco Soares de Souza, presidente do Sindicato dos Frentistas de Campinas.

Ministro da Cultura recebe presidente da UGT - O ministro da Cultura, Roberto Freire, recebeu, nessa terça-feira (28), o presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, e confirmou sua presença nas comemorações pelo Dia do Trabalhador, celebração da central a ser realizada em 1º de Maio. O ministro vai participar da inauguração da exposição fotográfica que marca a abertura dos festejos, no dia 23 de abril, em São Paulo.

Programa de Formação Sindical Estratégica - A Secretaria Nacional de Formação da União Geral dos Trabalhadores (UGT), com o apoio do Instituto de Altos Estudos (IAE) e do Instituto de Promoção Social (IPROS), apresenta o Programa de Formação Sindical Estratégica.

Igrejas se posicionam contra Reforma da Previdência - Trata-se da "Nota da CNBB sobre a PEC 287/16 - Reforma da Previdência", de 23 de março passado, onde ela conclama cristãos e pessoas de boa vontade “a se mobilizarem para buscar o melhor para o povo brasileiro, principalmente os mais fragilizados”. Igrejas evangélicas tomaram iniciativa semelhante, no dia 31, no "Pronunciamento das Igrejas Evangélicas Históricas do Brasil e Aliança Evangélica sobre Reforma Previdenciária".

Marcos Afonso Oliveira
UGT Comunicação e Divulgação
comunicacao@ugt.org.br
www.ugt.org.br

Clique aqui para ver a versão em PDF.


Escrito por: caz.sinpefesp
Postado: 05/04/2017
Número de Visitas: 241

Return